Director: Cónego Dr. Manuel Joaquim Geada Pinto

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Site-Sexta-Feira,01 de Março de 2013

A conversão

Jesus contou esta parábola: «Certo homem tinha uma figueira plantada no meio da vinha. Foi até ela procurar figos, e não encontrou. Então disse ao agricultor: ?Olha! Hoje faz três anos que venho buscar figos nesta figueira, e não encontro nada! Corta-a.


Jesus contou esta parábola: «Certo homem tinha uma figueira plantada no meio da vinha. Foi até ela procurar figos, e não encontrou. Então disse ao agricultor: ‘Olha! Hoje faz três anos que venho buscar figos nesta figueira, e não encontro nada! Corta-a.
Ela só está aí esgotando a terra’. Mas o agricultor respondeu: ‘Senhor, deixa a figueira ainda este ano. Vou cavar em volta dela e pôr adubo. Quem sabe, no futuro ela dará fruto! Se não der, então a cortarás’.»
A proposta principal que Jesus apresenta neste episódio chama-se “conversão”. Não se trata de penitência externa, ou de um simples arrependimento dos pecados; trata-se de um convite à mudança radical, à reformulação total da vida, da mentalidade, das atitudes, de forma que Deus e os seus valores passem a estar em primeiro lugar. É este caminho que somos chamados a percorrer neste tempo, a fim de renascermos, com Jesus, para a vida nova do Homem Novo.
Essa transformação da nossa existência não pode ser adiada indefinidamente. Temos à nossa disposição um tempo relativamente curto: é necessário aproveitá-lo e deixar que em nós cresça, o mais cedo possível, o Homem Novo. Está em jogo a nossa felicidade, a vida em plenitude…
Uma outra proposta convida-nos a cortar definitivamente da nossa mentalidade a ligação directa entre pecado e castigo. Dizer que as coisas boas que nos acontecem são a recompensa de Deus para o nosso bom comportamento e que as coisas más são o castigo para o nosso pecado, equivale a acreditarmos num Deus mercantilista e chantagista que, evidentemente, não tem nada a ver com o nosso Deus.
A proposta de conversão é sempre um sinal de que Deus passa por nós e nos dá essa oportunidade. Não podemos desprezá-la indefinidamente.

Enviar a Amigo
Imprimir
Favoritos
Homepage

Quarta-Feira,22 de Novembro de 2017

Pesquisa

Capa da edição em papel

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Copyright © 2010 Amigo da Verdade
Powered by Peakit