Director: Cónego Dr. Manuel Joaquim Geada Pinto

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Actualidades-Sexta-Feira,16 de Novembro de 2018

Propostas importantes da Conferência Episcopal

O presidente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), D. Manuel Clemente, disse em Fátima que as comunidades católicas devem promover uma ação missionária “em todos os campos socioculturais”.

 

“As condições actuais fazem da missão uma urgência evangélica em todos os campos socioculturais e numa geografia total, longe ou perto – por vezes muito perto até”, assinalou o cardeal-patriarca de Lisboa, no discurso de abertura dos trabalhos da 195.ª Assembleia Plenária da CEP, que decorre até quinta-feira.

Num momento em que a Igreja Católica em Portugal vive um Ano Missionário, D. Manuel Clemente realçou os novos campos de ação que se criam, “sobretudo nas zonas mais povoadas”, com a presença de “populações das mais diversas origens”.

“Abrem-se espaços de autêntica ‘missio ad gentes’, a par de outros que requerem ‘nova evangelização’ e persistência da ‘ação pastoral’ própria das comunidades estabelecidas”, acrescentou.

O cardeal-patriarca de Lisboa propõe uma “projeção missionária das comunidades, intercambiando o perto e o longe”, que apresenta como “única possibilidade da respetiva manutenção e crescimento, como foi sempre a sua legitimação ‘cristã’ propriamente dita”.

O presidente da CEP começou por recordar “factos de especial relevo” na vida da Igreja Católica em Portugal, nos últimos meses, como a criação cardinalícia de D. António Marto, as várias nomeações para o episcopado ou a designação de D. José Tolentino Mendonça para arquivista e bibliotecário da Santa Sé.

O patriarca de Lisboa destacou ainda o impacto do 9.º Simpósio do Clero, organizado pela Comissão Episcopal das Vocações e Ministérios, de 3 a 6 de setembro, no qual os bispos e sacerdotes portugueses manifestaram a sua solidariedade e apoio ao Papa, na construção de “uma cultura de prevenção e proteção dos menores e vulneráveis”.

A agenda da Assembleia Plenária inclui um debate sobre a recente assembleia do Sínodo dos Bispos, que decorreu em outubro, sobre as novas gerações.

Para D. Manuel Clemente, é necessário “evitar que a disponibilidade dos jovens se confronte com autoritarismos e desconfianças da parte dos adultos e pastores”, que não reconhecem “suficientemente a sua criatividade”.

O cardeal-patriarca recordou que o Sínodo propõe a criação de um “Diretório de pastoral juvenil” em chave vocacional, que “possa ajudar os responsáveis diocesanos e os operadores locais a qualificar a sua formação e ação com e pelos jovens”.

A assembleia magna da CEP vai discutir um documento sobre a preparação para o casamento e o acompanhamento das famílias, bem como outro sobre os 175 anos do Apostolado da Oração em Portugal.

Depois do encerramento da assembleia, a15 de novembro, vai decorrer uma conferência de imprensa na Casa de Nossa Senhora das Dores, pelas 14h30, na qual será apresentado o comunicado final.


Enviar a Amigo
Imprimir
Favoritos
Homepage

Quinta-Feira,13 de Dezembro de 2018

Pesquisa

Capa edição 4488

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Copyright © 2010 Amigo da Verdade
Powered by Peakit